Primeiro foi o Flash , depois o AJAX, e agora …. temos o Parallax a dar problemas no SEO.

Mais uma vez surge um problema entre o SEO e o webdesign. Desta vez é a utilização do Parallax que cria problemas, embora útil para a usabilidade e design de um site pode não ser muito útil para fins de SEO.

O design em Parallax tem sido usado há vários anos e tem o seu nome a partir do conceito de movimento parallax. Ou seja, em vez de existir apenas um plano visual onde todo conteúdo está inserido, temos 2 ou mais planos em planos separados, que nos dão a noção de profundidade. Além desta característica os sites parallax são também conhecidos por serem single-pages websites e é esta característica que trás problemas ao nível dos SEO.

Um dos principais benefícios do uso do Parallax é permitir a um visitante, apenas através do scroll down, navegar através uma história contínua. Uma boa demonstração desta técnica pode ser vista no site da Google “How Search Works” que explica como funcionam todas as pesquisas e indexações no motor de busca da Google.

Como é que o Parallax afeta o SEO?

Semelhante ao Flash e ao AJAX , o parallax apresenta desafios únicos para o SEO. A maioria desses desafios decorre do facto de que todos os conteúdos estão alojados somente numa única página, como já referido acima.
Uma single-page faz com que seja difícil otimizar o site para uma ampla variedade de termos de busca. Isto acontece porque as palavras-chave ao invés de ser espalhadas por várias páginas e indexadas aos conteúdos dessas mesmas páginas, acabam por ficar concentradas todas numa só página.

Outro desafio: Analytics

Pode ser difícil de medir verdadeiramente o engagement de um site feito em formato single-page, com as ferramentas atuais de análise. Com este tipo de site, apenas conseguimos ver quanto tempo um utilizador esteve no site e não conseguimos ver a profundidade da sua navegação, o que para um site comercial é algo que não pode nem deve acontecer.

A melhor solução: Ligar a página Parallax a outras páginas

Uma solução mais correta para quando tivermos um site com design em Parallax é ligar esta página a outras sub-páginas. Ou seja, podemos ter uma homepage, ou uma página promocional, que está desenvolvida em Parallax, no entanto todos os conteúdos e links estão ligados a outras sub-páginas que têm as suas próprias palavras-chave, metatags e URL’s. Além de permitir ao Google analisar mais palavras-chave, permite também indexar mais páginas de conteúdo e ter mais páginas de entrada, que poderão ser analisadas posteriormente.

O que ponderar antes de avançar para um site em Parallax

O Parallax em si não é uma má opção, mas também não é a ideal. As questões que devemos colocar antes de avançar para um site em parallax são as seguintes:

  • Será que um site em Parallax irá contar a história de forma mais efetiva?
  • Será que preciso ou vou precisar dos SEO para criar tráfego no meu site?
  • Será possível ligar esta página de Parallax a outras páginas do site?

Fonte: Search Engine Land